5 autoras negras de terror que todo mundo deveria conhecer

5 autoras negras de terror que todo mundo deveria conhecer!
(Fonte: Getty Images)

Autoras fantásticas de literatura de terror!

Todos nós sabemos (pelo menos aqueles de nós que querem saber) a enorme influência que as mulheres tiveram no gênero de terror. Nós basicamente inventamos ele. Porque o horror é o gênero da transgressão – e as mulheres, aquelas que cruzam gênero e raça conhecem o horror de serem empurradas para as margens da sociedade e serem chamadas de monstro quando revidam. O horror é sobre trauma e como lidamos com eles enquanto seres humanos.

Pensando nisso, reunimos nesta lista cinco autoras e suas principais obras que demonstram como essas mulheres inventam e reinventam o terror a cada nova história. Infelizmente, a maioria deles ainda não foi traduzida para o português e está é uma oportunidade para dar maior visibilidade a estes livros e quem sabe num futuro não muito distante eles estejam circulando mais por aqui também…

Toni Morrison

Toni Morrison: escritora produziu romances com temas tabus para a época (Fonte: Timothy Greenfield-Sanders/Bloomberg)
Toni Morrison: escritora produziu romances com temas tabus para a época (Fonte: Timothy Greenfield-Sanders/Bloomberg)

Amada é muitas coisas, mas também é um romance de terror. O livro lida com os impactos psicológicos da escravidão e narra como isso afeta os personagens Sethe, sua filha Denver e os outros homens e mulheres negros libertados que ainda estão lidando com todas as suas perdas. Sethe e Denver vivem em sua casa em Cincinnati, assombrada por um fantasma, que eles acreditam ser o fantasma da filha mais velha de Sethe, morta pela própria mãe. O personagem de Sethe foi inspirado em Margaret Garner, uma escrava de Kentucky que matou sua própria filha para impedir que ela fosse escravizada mais uma vez. À medida que o livro avança, o fantasma eventualmente assume a forma humana comode uma jovem chamada Amada.

O romance é assustador, principalmente, na maneira como Morrison é capaz de explorar a dor visceral que os personagens sentem. É um texto de horror profundo e psicológico, pois ao mesmo tempo em que trabalha o elemento sobrenatural também está inserido em um contexto histórico não muito distante de nós.

Helen Oyeyemi

Helen Oyeyemi é uma escritora britânica de contos e romances. (Fonte: Matthew Sherwood for National Post)
Helen Oyeyemi é uma escritora britânica de contos e romances. (Fonte: Matthew Sherwood for National Post)

Oyeyemi é uma autora britânico, mais conhecida por White Is for Witching e Boy, Snow, Bird, esses dois livros são a maneira que a autora encontrou de expandir a aparência do horror como a gente conhece. White Is for Witching é uma história “neogótica” que gira em torno de Miranda e Eliot Silver, gêmeos fraternos de ascendência haitiana criados em uma casa britânica assombrada por gerações de membros da família aflitos e deslocados, incluindo sua mãe. É uma expansão do gênero de casas assombradas góticas e é realmente arrepiante.

Oyeyemi sabe muito bem como transmitir experiências negras e propor releituras de muitos clássicos, com Boy, Snow, Bird sutilmente baseada no conto de fadas Branca de Neve e inspirada no livro Passing, de Nella Larson. Ela combina os dois em uma recriação sombria do clássico conto de fadas, enquanto lida com o medo e o horror da América do Norte dos anos 50.

Oyeyemi é uma excelente escolha se você deseja um horror mais realista ou que tenha como pano de fundo eventos sobrenaturais.

Jewelle Gomez

(Fonte: Youtube)
(Fonte: Youtube)

A autora Jewelle Gomez é de origem afro-americana com ascendência Ioway e Wampanoag (alguns dos povos indígenas da América do Norte) e é considerada uma das principais do afrofuturismo. Eu a descobri através do romance de vampiros The Gilda Stories, que atualmente está sendo adaptada para a televisão. Muito parecido com Entrevista com um vampiro, a obra apresenta a vida de um vampiro, um escravo fugitivo que tem mais de duzentos anos. Gomez também infundiu na história uma perspectiva feminista negra e lésbica, tornando a obra a parceira perfeita na cabeceira para o livro Carmilla.

Octavia E. Butler

Mais conhecida como Octavia E. e pelo afrofuturismo presente em suas obras. (Fonte: Divulgação)
Mais conhecida como Octavia E. e pelo afrofuturismo presente em suas obras. (Fonte: Divulgação)

Octavia E. Butler não precisa do nosso aval, mas se você não leu os romances Parable of the Sower (1993) e Parable of the Talents (1998), não sabe o que está perdendo.

“Situada na década de 2020, onde a sociedade entrou em colapso devido às mudanças climáticas, crescente desigualdade de riqueza e ganância corporativa, Parable of the Sower se concentra em uma jovem chamada Lauren Oya Olamina, que possui o que Butler chamou de hiper-empatia, uma capacidade de sentir dor e outras sensações que ela testemunha. Quando adolescente, crescendo nos remanescentes de um condomínio fechado perto de Los Angeles, ela começa a desenvolver um novo sistema de crenças, que ela chama de “Earthseed” (semente da terra).

Uau, Butler já estava prevendo como o mundo seria agora.

Tananarive Due

(Fonte: Divulgação)
(Fonte: Divulgação)

Due é um dos ícones modernos de Terror Negro. Qualquer pessoa que já assistiu ao documentário Horror Noire: A History of Black Horror é capaz de reconhecê-la, mas eu a conheço da grande coleção de romances de terror e antologias da qual fez parte. Meu favorito é The Between, que narra a história de um homem chamado Hilton cuja avó se sacrificou para salvá-lo de um afogamento quando ele era criança. Agora, como homem adulto, ele começa a pensar que trapaceou enganando o destino, e as forças das trevas ao seu redor estão tentando destruí-lo. Hilton fica obcecado em proteger sua família assim que começa a receber ameaças de morte, e você o observa ele entrando em paranóia – nunca sabendo distinguir realmente o que é real e o que não é.

Foi seu primeiro romance, mas é inteligente, rápido e deixa o leitor totalmente perplexo com o que está por vir.

A lista poderia ser imensa, mas deixamos aqui algumas menções honrosas e se ficar interessado por ir pesquisar outras obras destas incríveis autoras: Leslie Esdaile Banks, Nalo Hopkinson e N. K. Jemisin.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.