Criadores de Game of Thrones revelam que não faziam ideia do que estavam fazendo com a série

Criadores de Game of Thrones revelam que não faziam ideia do que estavam fazendo com a série
Foto: HBO/Divulgação

Nós nunca fizemos TV … nós não sabemos por que ele [George R.R. Martin] confiou em nós com o trabalho de sua vida

Em declarações que não devem surpreender quem ficou com o programa durante a temporada final, os criadores de Game of Thrones, David Benioff e DB Weiss, admitiram que não tinham ideia do que estavam fazendo. A conversa a respeito da série ocorreu em um painel na Austin Film Festival neste último final de semana.

Os showrunners falaram sobre seu o encontro com George R. Martin, que questionou a “boa-fé” dos dirigentes da série, à qual eles admitiram que “realmente não tínhamos nenhuma. Nós nunca fizemos TV … nós não sabemos por que ele confiou em nós com o trabalho de sua vida”. Eles também conseguiram escrever um terrível primeiro piloto, cheio de“ erros básicos de escrita ”, mas presumiram que a HBO iria seguir com a série de qualquer maneira, já que havia muita expectativa com a gravação de Game of Thrones para a televisão.

Alternando entre descrever a última década de trabalho em Game of Thrones como angustiante (eles enfatizaram várias vezes que “perderam” 10 anos de suas vidas) ou como uma “festa bêbada de dez anos”, eles também admitiram que isso se devia parcialmente ao fato de nunca terem aceitado um grupo de escritores para colaborar com o programa. O que também explica a falta de mulheres e LGBTs que os fãs costumavam apontar com tanta rapidez.

No entanto, eles fizeram Vanessa Taylor (A Forma da Água) e Dave Hill (que nunca havia trabalhado com roteiros antes) contribuir com algumas cenas. Eles deram um passo adiante e declararam que “não contratariam roteiristas a menos que eles estivessem dispostos a fazer parte da equipe de produção também”.

Quando alguém perguntou se eles ouviram ou não os comentários dos fãs, Weiss disse que não, enquanto Benioff admitia que ele “pesquisou no Google” e os resultados o perturbaram. A maioria do painel então entrou no ritmo usual de explicar que muito do que é necessário para fazer um show é adivinhação, tentativa e erro e se perder nos detalhes.

Talvez esperando que a história de seu sucesso tropeçasse como um dos dois intrépidos oprimidos, infelizmente isso destacou a surpreendente capacidade da mediocridade masculina branca de sempre “falhar”.

É um fato infeliz sobre cinema e produção de televisão – o que o público vê na tela é, na verdade, o resultado de muitos erros, ocorrências, compromissos e oportunidades desperdiçadas. É frustante ver os criadores do maior épico de fantasia de todos os tempos admitir que eles não tinham ideia do que estavam fazendo ou por que foram autorizados a fazê-lo. Dentre tantas pessoas que estavam realmente envolvidas com o projeto de Game of Thrones, que dedicaram parte de seu tempo e de suas vidas para construir o espetáculo, foram esses caras que – talvez esperando que sua história confusa tropeçassem em uma sorte de privilégios que eles tanto desfrutaram por anos – receberam todo o crédito por um programa que nem se deram ao trabalho de realizar com o mínimo de compromisso.

Fonte: The Mary Sue.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.