Filmes e séries para enfrentar seus medos

Filmes e séries para enfrentar seus medos
Divulgação/Netflix

Listamos alguns filmes e séries que podem se relacionar com o momento que estamos vivendo e nos ajudar a superar essa crise de medo generalizado

O ano de 2020 já começou com um grande caso de medo global. A pandemia do COVID-19, a nova mutação da família coronavírus, vem alterando a rotina de países inteiros, fechando fronteiras e colocando populações em quarentena. É um momento de alerta, em que medidas precisam ser tomadas para evitar que o cenário se agrave ainda mais, o que mexeu até mesmo a indústria de Hollywood, com diversos lançamentos adiados e gravações interrompidas. 

Um caso como esse assusta justamente pela proximidade com a nossa rotina e por bater diretamente no nosso instinto de sobrevivência — que nos diz para lavar bem as mãos e evitar aglomerações. Medo, porém, não é fácil de ser explicado. Cada um tem o seu. Pode ser uma situação que nos marcou na infância, uma imagem… O que se reflete muito pelo que vemos e lemos. A arte nos ajuda a lidar com certos pavores, nem que seja para saber exatamente o que não queremos ver. 

Confira abaixo algumas referências da cultura pop sobre diferentes tipos de medo e conta pra gente nas redes sociais outros exemplos sobre o assunto:

Contágio (2011)

Filme | Onde ver: HBO Go, Apple TV, Looke

O cenário similar ao que vivemos com a pandemia do novo coronavírus transformou o filme Contágio (2011), de Steven Soderbergh, em um fenômeno quase dez anos depois de seu lançamento. Neste filme, Profissionais da saúde, oficiais do governo e pessoas comuns lidam com uma pandemia enquanto o Centro de Controle de Doenças busca por uma cura

Extermínio (2002)

Filme | Onde ver: Claro Vídeo, Telecine Play, Apple TV, Google Play

Ambientado no começo do século XXI, na Inglaterra, Extermínio (2002) mostra a destruição da sociedade após a liberação de um vírus conhecido como Rage, que através de contato por saliva ou sangue, em poucos segundos, coloca os infectados em um estado de descontrole assassino, e a luta dos poucos sobreviventes contra os infectados é tudo que lhes resta.

Ensaio Sobre a Cegueira (2008)

Filme | Onde ver: online
Livro | Onde ler: Amazon (Companhia das Letras)

Baseado no romance José Saramago publicado em 1995, a trama acompanha o declínio de uma cidade cuja população passa a sofrer de uma cegueira repentina. Apenas uma mulher não perde a visão e se torna a única testemunha dos horrores que a cercam. Não se trata apenas de uma história, mas de uma reflexão a respeito do que realmente somos, em essência, e não do que pensamos que somos – e isso inclui um nome e um endereço, espécie de rótulos com os quais nos reconhecemos e somos reconhecidos. No mundo da cegueira coletiva, esses rótulos são irrelevantes.

A Maldição da Residência Hill (2008 – )

Série | Onde ver: Netflix
Livro | Onde ler: Amazon (Editora Suma)

Todo mundo já foi assombrado por um fantasma. Se não literalmente, com certeza de alguma outra forma figurativa, seja ela em um sentimento de culpa, de luto, arrependimento, remorso, medo, trauma, até mesmo uma doença que nos persegue ou qualquer outra coisa que nos apavora. A Maldição da Residência Hill retrata exatamente isso.

Baseada no romance A assombração da Casa da Colina, publicado por Shirley Jackson em 1959, a série acompanha uma família traumatizada pelas memórias da sua antiga casa. 

O Sexto Sentido (1999)

Filme | Onde ver: Google Play, Apple TV, Claro Vídeo

O psicólogo infantil Malcolm Crowe (Bruce Willis) é um respeitado profissional que aceita tratar do caso de Cole Sear (Haley Joel Osment), garoto de 8 anos com dificuldade de se socializar na escola e que afirma ver “gente morta”. Aos poucos, porém, o dr. Malcolm descobre que o caso pode ser muito mais grave do que supunha, trazendo à tona os eventos que levaram um antigo paciente seu ao suicídio e à traumática dissolução de seu casamento.

Corra! (2017)

Filme | Onde ver: Netflix, Google Play, Apple TV, Looke

Filmes de terror materializam medos que habitam nosso inconsciente coletivo e assustam ao torná-los tangíveis, algo que Corra!, longa de estreia de Jordan Peele como diretor e roteirista, faz de forma extraordinária.

Em algumas entrevistas, Peele, que até então só tinha se aventurado em produções de comédia, afirmou sentir falta de um filme de terror que também fosse uma crítica social especificamente direcionada ao racismo e àquilo que o diretor chamou de “terror racial (…) especificamente os medos [relacionado] a ser um homem negro hoje. O medo de ser uma pessoa que se sente uma estranha num ambiente que é estrangeiro para ela.”, espaço que Corra! veio preencher de maneira criativa e engenhosa.

A premissa do filme é simples: Chris (Daniel Kaluuya), um jovem fotógrafo, está se preparando para uma viagem para o interior, onde vai conhecer os pais de sua namorada, Rose (Allison Williams). Eles não sabem que Chris é negro, uma perspectiva que o deixa desconfortável, mas Rose garante que não há motivo para ele se preocupar e que seus pais não terão problema com isso. No entanto, seu melhor amigo, Rod (Lil Rel Howery), o alerta que ir na casa da família de uma garota branca nunca é uma boa ideia. Esse comentário é um dos vários momentos em que Peele faz um paralelo entre a experiência de ser uma pessoa branca e uma pessoa negra nos Estados Unidos e o que medo significa para os dois lados. Na abertura do filme, vemos um homem negro sozinho na rua, rodeado por enormes casas de subúrbio, se sentindo ameaçado por aquele meio da mesma forma que o racismo estrutural ensina que uma pessoa negra andando na rua é uma figura a ser temida.

Explicando (2018 – )

Série | Onde ver: Netflix

Na vastidão de programação e conteúdo ofertados pela Netflix é difícil se deparar com algo capaz de mobilizar o interesse de uma ampla maioria da base de assinantes da gigante do streaming. Entretanto, Explicando, parece ser um desses casos de desafio à lógica.

Enfim, a série chamou a atenção nas últimas semanas justamente por conta de um de seus episódios ter sido centrado em elaborar qual seria a próxima pandemia e, adivinhem, parece que eles conseguiram prever a crise do coronavírus.

O programa, que tem como intuito falar brevemente a respeito dos mais variados assuntos e buscar uma explicação prática para eles, dedicou um episódio para dissecar “A Próxima Pandemia“, e com base em diversos estudos, fatos históricos e opiniões de especialistas, cravou que o próximo grande vírus seria uma gripe viral e provavelmente viria da Ásia — duas descrições exatas do COVID-19.

O assunto adquiriu uma importância tão grande que os criadores da série postaram em seu canal no YouTube um vídeo falando um pouco mais sobre como podemos combater o surto apenas com algumas poucas medidas individuais.


Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.