Para Todos os Garotos que Já Amei 2: Livro Vs Filme

Para Todos os Garotos que Já Amei 2: Livro Vs Filme
Netflix/Divulgação

6 diferenças entre livro e filme!

O queridinho da Netflix, Para Todos os Garotos que Já Amei, ganhou sua tão aguardada sequência. Os filmes são adaptações dos livros de Jenny Han e contam a história de Lara Jean Covey (Lana Condor) que tem sua vida transformada depois que cartas secretas de amor são enviadas para cinco garotos por quem ela já foi apaixonada.

O primeiro filme da franquia de adaptações acompanha Lara lidando com a situação das cartas enviadas para Peter Kavinsky (Noah Centineo), o garoto popular da escola e Josh (Israel Broussard) seu vizinho/amigo/amor secreto/ex namorado da irmã, alguém que Lara tenta despistar a todo custo.

Para Todos os Garotos que Já Amei 2 apresenta John Ambrose (Jordan Fischer), alguém que responde as cartas de Lara enquanto ela cultiva um relacionamento com Peter Kavinsky.


Atualizações feitas! Agora, nós separamos uma lista com 6 diferenças entre livro e filme que você pode ter deixado passar ou ainda nem conhece. Vem ver!


Atenção! A partir daqui seguem váaarios spoilers dos filmes e livros!

1. Por que as cartas foram enviadas?

Para Todos os Garotos que Já Amei 2: Livro Vs Filme
Netflix/Divulgação

Uma das primeiras mudanças que vimos em relação ao primeiro filme foi a motivação por trás do envio das cartas. No livro, é depois de uma discussão entre as meninas da família Covey que a irmã mais nova, Kitty (Anna Cathcart), decide se vingar de Lara enviando todas as cartas.

No filme, o momento foi modificado e a motivação foi que o desejo da irmã era que Lara vivesse uma vida de romance e aventuras no mundo real. E isso torna tudo muito especial, já que a família Covey é tão singular!

2. Sra. Trina Rothschild, Kitty e o pai das meninas

A vizinha da família e futuro interesse amoroso do pai das meninas, Sra. Rothschild (Sarayu Blue), é introduzida no primeiro livro, assim como o amor por cachorros de Kitty. É a irmã mais nova das Covey que tem a ideia de unir a vizinha e o pai.

Claro que no filme as coisas precisaram ser “enxugadas” e não tem nenhum problema nisso. Entretanto, é muito bonito acompanhar a relação entre Kitty e Trina vai sendo construída a partir de um único ponto em comum.

3. Josh

Para Todos os Garotos que Já Amei 2: Livro Vs Filme
Netflix/Divulgação

A presença de Josh acaba sendo ofuscado pela química de Lara e Peter, mas o vizinho ‘gente boa’ tem mais atitude na história original. No livro, Josh tem muitos ciúmes do jogador e chega a beijar Lara, admitindo que deseja ficar com ela, após ler seus sentimentos na carta. Tal situação quase inicia uma briga entre ele e Peter, além de machucar Margot (Janel Parrish) afetando seu relacionamento com a irmã. 

4. Um jogo, um carro conversível e/ou a cena mais bonita de todas

Parte da história que teve de ser deixada de lado em Para Todos os Garotos que Já Amei 2 foi a cena de um jogo estilo “polícia e ladrão” durante uma reunião na casa da árvore. Tudo o que acontece ao longo da brincadeira acaba tendo algum nível de relevância para a história maior. Afinal, é neste momento que Lara e John se aproximam.

Ainda durante o jogo, que se estende por dias, John salva Lara de um baile no lar de idosos quando Peter aparece com Gen (Emilija Baranac) à tiracolo. A parte romântica disso tudo é a escapada dos dois em um carro conversível e o beijo no semáforo fechado.

5. John Ambrose

Para Todos os Garotos que Já Amei 2: Livro Vs Filme
Netflix/Divulgação

Todos os boys de Lara Jean seguem a mesma ordem, mas John (Jordan Burtchett) tem uma participação bem diferente no primeiro livro. Ao invés de aparecer na casa da jovem com flores, é Covey quem comparece num evento colegial que terá a presença do moço. Eles chegam a trocar olhares e um simples ‘oi’, mas a protagonista sai correndo, envergonhada. Só nas continuações, o público descobre que ele a reconheceu, então começam a trocar cartas, retomando a amizade. Abre o olho, Peter!

6. Margot e Kitty

Para Todos os Garotos que Já Amei 2: Livro Vs Filme
Netflix/Divulgação

Temos que concordar: quase não vimos as nuances de personalidade de Margot (Janel Parrish) e Kitty nos filmes da Netflix. A mais nova das Covey é engraçada, irônica e muito criativa, além de ter contribuído no desenvolvimento amoroso de Lara Jean, Kitty também tem grande impacto na relação do pai com a Trina. Sem falar que, no filme, ela nem mesmo ganha um cãozinho.

Margot também parece ter sido deixada de lado. Ela só aparece em uma cena minúscula através de uma live no celular.


Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.