Qual final foi pior: Game of Thrones ou a saga Skywalker?

Qual final foi melhor: Game of Thrones ou a saga Skywalker?
HBO/LucasFilm/Divulgação

Vimos o final de muitas coisas em 2019 e veremos ainda mais em 2020. Terminar uma franquia que tem uma imensa base de fãs assíduos é difícil, sem dúvida alguma, e duas das maiores sagas que tiveram um arco “final” (vale sempre lembrar que mais conteúdos desses mundos estão sendo produzidos) foram Game of Thrones e a saga Skywalker. Ambos foram bastante decepcionantes para muita gente.

Tudo bem, sabemos que a comparação é um tanto estranha, já que se tratam de mundos e histórias completamente diferentes, mas o ponto é que as duas histórias são universos fantásticos que têm como tema central o poder tirânico cíclico, uma ameça sobrenatural mal definida que ameaça invadir o mundo que acompanhamos e Gwendoline Christie de armadura (<3). As duas produções também se vangloriavam do que pareciam ser mulheres empoderadas, mas que no final das contas acabavam tomando decisões incoerentes com a própria construção das personagens, aparentemente sem razão alguma.

No que se trata das narrativas, podemos dizer que as falhas em ambos os finais são resultado de coisas que foram apressadas e muita história acumulada em espaços apertados, em pouco tempo. Basta lembrarmos de Daenerys se tornando uma tirana impiedosa e do Imperador Palpatine que surge com um propósito duvidoso. Neste quesito, Game of Thrones está em vantagem, já que pelo menos alguns sinais da grande virada de Dany foram sendo implantados mesmo que apressadamente, enquanto Palps voltou dos mortos e… … …???

Game of Thrones teve um elenco muito maior que Star Wars e também teve mais tempo de tela para teoricamente tornar seus finais mais significativos do que as resoluções confusas e apressadas de saga Skywalker. Mas fez bom uso desse recurso? Não. Mesmo.

Eu diria que o final truncado de Leia alcançando seu filho bizarro foi muito mais satisfatório do que Cersei não fazer nada além de ficar olhando através das janelas por uma temporada inteira antes de morrer.Também podemos comparar Finn e Jaime, que pareciam estar seguindo determinado caminho, mas acabaram voltando atrás. Ao menos, Finn tinha a Força, enquanto Jaime Lannister morreu com uma pedrada na cabeça.

Comparando os barbudos que mais amamos, Tyrion acabou melhor do que Luke. O anão conseguiu tudo o que queria, mesmo depois de assassinar sua família e namorada e algumas outras coisas terríveis. Ele deveria ter recebido uma punição devida? Acho que não… Já Jon Snow é o nosso Ben Solo? No que se trata de atuação, Adam Driver está muito a frente de Kit Harrington e o fim trágico de Ben foi muito mais coerente do que o de Jon Snow.

Precisamos falar sobre as resoluções fáceis e bizarras das duas produções. Bem, Game of Thrones escolheu concluir que “o poder corrompe, sua linhagem pode te deixar louco e não há como romper com o passado histórico sem queimar tudo e matar grande parte da população do seu local de origem. Bitches be crazy. E as mulheres se tornam mais fortes com muito sofrimento resultando em estupro e algumas ainda morrem“. Oi?

A Ascensão Skywalker, apesar do fato de muitos fãs não terem gostado da revelação de que Rey é Palpatine, foi muito sobre como você sempre pode escolher ser bom e como compaixão e perdão são importantes quando se trata de encontrar a luz. Em Game of Thrones não há compaixão, e o “crescimento” de caráter veio do sofrimento – geralmente das mulheres – e da violência racista.

Por isso acreditamos que Star Wars tenha tido um final mais emblemático e Game of Thrones teve a pior resolução. Apesar das falhas, a saga Skywalker termina em tom muito mais coerente e relevante, principalmente, porque a ruptura de ciclos do passado não é alcançada através da destruição despropositada de um personagem que aprendemos a admirar por oito temporadas.


Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.