George R.R. Martin promete não escrever para ‘House of the Dragon’ até que ‘The Winds of Winter’ esteja terminado

George R.R. Martin promete não escrever para 'House of the Dragon' até que 'The Winds of Winter' esteja terminado
Foto: AP Photo/HBO

“O inverno ainda está chegando…”

Só porque temos apenas uma série derivada de Game of Thrones (e não duas, já que o programa sobre a Longa Noite foi cancelado) não significa que o criador de Westeros, George R.R. Martin, não esteja atarefado. Desde que a série da HBO elevou o escritor a um novo nível de fama, todo mundo quer um pedaço da criatividade de Martin. Ainda assim, o homem tem livros para escrever, e o ilustre fã dos Jets confirmou em seu site que, até que ele faça sua tão esperada continuação da série de livros As Crônicas de Gelo e Fogo, ele não irá trabalhar em House of the Drangon.

Em seu site, Not a Blog, Martin anunciou que a HBO encomendou uma temporada completa de dez episódios de House of the Dragon, a nova série prequel do GoT centrada na casa Targaryen e seu drama familiar que leva ao conflito que vemos nos eventos de As Crônicas de Gelo e Fogo. Como ele mesmo detalhou no post, está ciente de sua próxima tarefa crucial: terminar a história que começou.

Mas … deixe-me esclarecer perfeitamente … Não assumirei nenhum script até terminar e entregar o WINDS OF WINTER. O inverno ainda está chegando, e o WINDS continua sendo minha prioridade, tanto quanto eu adoraria escrever episódios de HOUSE.

Para quem não sabe, o primeiro livro da série, A Guerra dos Tronos, foi publicado em 1996 e, embora George R.R. Martin, inicialmente visse a história como uma trilogia, ela acabou bem maior. O quinto e mais recente volume da série, A Dança dos Dragões, foi publicado em 2011 e levou seis anos para ser escrito. Agora, em 2019, o período de tempo entre A Dança dos Dragões e Winds of Winter é de oito anos.

Martin também lamentou o fato de a série de Jane Goldman não ter sido escolhida, dizendo que, embora ele não saiba por que essa escolha foi feita, não acredita que tenha relação com a existência de House of the Dragon.

Jane Goldman é uma roteirista fantástica, e eu gostei de fazer um brainstorming com ela. Eu não sei por que a HBO decidiu não desenvolver a série, mas não acho que isso tenha a ver com o anúncio de House of the Dragon. Nunca foi uma situação de “ou isso ou aquilo”. Se a televisão tem espaço suficiente para vários programas de CSIs e CHICAGO … bem, Westeros e Essos são muito maiores, com milhares de anos de história e contos, lendas e personagens suficientes para uma dúzia de programas.

Ele desejou à roteirista e à sua equipe o melhor, e espero que, eventualmente, possamos ver o piloto desta série que o autor estava chamando de “The Long Night“, porque, neste momento, acho que se a HBO estava disposta a correr riscos com o piloto original do GoT, então podemos ver o que deu tão errado com que não o fez valer a pena seguir com o prequel.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.