Riverdale – S04E07 | Teorias da conspiração e um assassinato para desvendar?

Riverdale 4x07: Teorias da conspiração e um assassinato
Warner Bros/Divulgação

Contém spoilers!

Parece que nem mesmo o dia de ação de graças em Riverdale pode ser um dia calmo. Com Hiram prefeito (já que não havia nenhuma oposição) e Dodger no hospital, as coisas parecem ir de mal a pior para o enredo da série. “A Tempestade de Gelo” – nome dado ao episódio – mostrou que as dinâmicas familiares estão muito complicadas e ninguém parece estar disposto a resolver os conflitos do passado.

Pelo menos, Archie e Mary passam boa parte do episódio lembrando de Fred e vivendo seu luto. Na nossa primeira resenha da série, mencionamos como é difícil para uma história lidar com a morte de um personagem, mas Riverdale parece estar fazendo jus à memória de Luke Perry e isso continua conforme a temporada avança.

No início deste capítulo, vemos Mary e Archie ao lado do túmulo de Fred Andrews e sentimos a tristeza como uma camada oculta por todo o capítulo. Foi uma surpresa inesperada e muito positiva que a perda de um personagem tão importante não foi momentânea para depois ser esquecida pelo enredo. Ao contrário, ela continua a impulsionar o futuro da família Andrews e, por consequência, outros membros da comunidade.

Agora, é certo que, com exceção de Fred, todos os outros personagens principais estão uma completa bagunça. Parece que Fred era uma espécie de “bússola moral” da série, até mesmo F.P. lembra que “enquanto todos reclamavam de seus pais quando mais jovens, só Fred não o fazia e, agora, ironicamente, todos se tornaram péssimos pais, menos Fred”. No entanto, vimos que as lições que o pai Andrews deixou ainda estão servindo de orientação para os outros, principalmente, Archie.

O paladino ruivo sempre pareceu um pouco sem rumo, mas agora ele parece ter conquistado um propósito narrativo muito forte. Sua determinação em fazer do El Royale um lugar que homenageia seu pai é algo que se concretiza no final deste episódio, e acaba se tornando algo que Archie precisa defender com todas as suas forças.

Bom, mas vamos por partes e separar cada núcleo deste episódio sete.

Ceia de Ação de Graças para todo mundo!

Archie decidiu sediar o Dia de Ação de Graças no centro comunitário, El Royale. É lá que ele pretende fritar um peru, como Fred em todos os anos anteriores.

Para encurtar a história, a família de Dodger quer vingança e eles aparecem no centro comunitário, onde, por algum motivo, a mãe de Dodger é a única a dizer o óbvio: quando Archie diz a ela que ele dirige o lugar para crianças da comunidade, ela diz, “Mas você também é uma criança.” OBRIGADA, SENHORA ALEATÓRIA !!!

Quando uma das crianças reconhece a família de Dodger, Archie confronta os intrusos e a mãe de Dodger puxa uma arma. As coisas pioram e, quando uma panela explode, Veronica enfia um garfo na mão de um dos caras e a mãe de Archie acaba segurando a arma. Pela primeira vez, a idiotice de Archie valeu a pena porque quem tenta assar um peru numa panela de pressão?!

No final, o Dia de Ação de Graças é adorável, Dodger escapa da cidade e a mãe de Archie decide que a explosão foi a maneira de Fred cuidar deles. Com isso em mente, Archie pendura uma placa dedicando o centro comunitário a Fred Andrews.

Ação de Graças da Família Blossom

Vamos deixar claro que o enredo de Cheryl e Toni está realmente bizarro. Então, a ação de graças por lá não poderia ser diferente, certo? Certo.

Riverdale passará por uma tempestade de gelo e Cheryl propõe um plano para se livrar do corpo do tio Bedford: jogar o corpo no rio antes que ele esteja completamente congelado, assim, durante a tempestade as piranhas podem comê-lo e quando o rio descongelas não haverá nem sinal dele.

Mas Toni aponta o problema óbvio com esse plano: tia Cricket está estacionada na rua, observando todos os seus movimentos. Então, Cheryl decide convidar sua tia para jantar e assustá-la com um tradicional Dia de Ação de Graças em homenagem à suas raízes góticas. Nana Rose tem uma lenda de família que é tão horrível que Cheryl confia que fará tia Cricket correr para bem longe.

Sobre o que é a lenda? CANIBALISMO! Caso você estivesse se perguntando se as flores poderiam ficar mais estranhas. Como Nana Rose conta, muitos anos atrás, a primeira ceira de Ação de Graças dos Blossom ocorreu durante uma tempestade de gelo que durou muito tempo, e quando todos ficaram com fome, bem, eles tiveram que “sobreviver com a carne Blossom”. Então, assim que o primo de Cheryl encontra o anel do tio Bedford em sua “torta de carne”, Cheryl os convence de que eles estão comendo Bedford e, vendo como o canibalismo é ilegal em seu estado, ela ameaça denunciá-los, a menos que eles saiam.

Pelo menos descobrimos que as tortas não eram feitas de carne humana, mas sim de cordeiro. Ufa! Tio Bedford parece já estar no rio Sweetwater e tudo parece bem. Só que eu não posso deixar de questionar: como Toni está bem com tudo isso? Quanto à Cheryl, até dá para entender já que essa tem sido a vida dela desde sempre. Mas como será que Toni está processando tudo isso? O CORPO DE JASON AINDA ESTÁ NA CASA!

Ação de Graças dos pais

Em uma situação estranha, Hiram, Hermione, FP e Alice acabam passando o Dia de Ação de Graças juntos no Pops. (Alice e FP sempre planejaram porque Alice odeia cozinhar. Hermione e Hiram acabam lá depois que Veronica joga toda a refeição da “família” no chão.)

Agora que Hiram é prefeito, FP não quer obedecer às ordens sujas de Hiram de novo, então é claro que o clima está tenso. Depois de alguns comentários gentis sobre, Hiram e FP partem para a treta, FP quebra uma garrafa no bar do Le Bonne Nuit e diz a Hiram que ele merece morrer.

De volta para casa, FP conversa com Alice sobre sua situação: ele é um serpente por completo, mas agora ele tem que ser um policial. Quando Alice pergunta por que ele não pode ser os dois, ele percebe que, se Hiram pode ser um chefão e prefeito, quem disse que ele não pode ser xerife e líder de gangue? O que será que a lei de Riverdale diz sobre isso? Parece existir um conflito de interesses aí…

Ação de Graças da Escola de Jug

Betty enfrenta a tempestade para se juntar a Jughead na Stonewall Prep, onde todo mundo foi para casa no feriado. Bem, todos, exceto Bret e Donna, que decidem que é engraçado assustar Jughead usando máscaras de coelho e machados. Acho que eles não fazem ideia do que é Riverdale… Todos aprendemos que se você vê uma pessoa com uma máscara – principalmente uma máscara bizarra de coelho – você a mata antes que ela mate você.

Betty e Jughead decidiram que seu Dia de Ação de Graças seria gasto investigando o suposto suicídio do professor Chipping. Jug encontrou fotos antigas de DuPont e Chipping usando o mesmo broche de gravata, então sua teoria tem a ver com uma sociedade secreta. Enfim, a situação acaba com Betty atingindo Bret na cabeça com um taco de golfe.

É claro que Donna não está muito feliz com isso, mas quando Betty termina de costurar Bret – eu amo que ela nunca pede desculpas, mas diz: “Talvez da próxima vez não ameace meu namorado com um machado” – Bret deixa cair o que parece ser uma carta de suicídio do bolso do paletó. Ele afirma que foi um exercício de redação para ver quem melhor poderia capturar o funcionamento interno da mente do Sr. Chipping. Isso não convenceu ninguém.

Betty propõe um plano para obter algumas respostas de Bret e Donna. Os quatro se envolvem em um jogo de “eu nunca”, a maneira mais séria de interrogar alguém no ensino médio. Jug vai direto ao ponto e tenta “nunca estive em uma coisa da sociedade secreta”, mas ele entende que essas pessoas não sabem muito bem como esses jogos funcionam e não estão dispostos a seguir as regras. Claramente, eles não admitiriam isso, foi uma ideia tonta. Mas, com uma desculpa de ir buscar mais bebida, Betty entra no dormitório de Donna e encontra o alfinete de gravata do Sr. Chipping.

Donna afirma que é porque ela e o Sr. Chipping estavam tendo um caso e, quando ele ficou agressivo, ela ameaçou ir ao diretor e no dia seguinte ele pulou da janela. Betty e Jughead não acreditam totalmente na história de Donna, mas no dia seguinte ela conta ao diretor sobre o caso. Isso deixa a situação ainda mais suspeita. O caso pode até estar encerrado para a escola, mas Betty e Jughead estão longe de terminar. Além disso, alguém estava gravando o quarto de Jug. Não podemos esquecer isso!


Pensando no episódio como um todo, não temos novas informações sobre a história em si e ele foi um pouco sem graça. Apenas o enredo de Stonewall parece ter trazido novos elementos intrigantes. Em breve, teremos mais respostas. Eu espero!


Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.